Coaching Filosófico – Vamos trocar informações?

Recentemente retornava de um evento da CloudCoaching com meu amigo Iússef Zaiden Filho, da IZF Coaching e durante todo o percurso tivemos uma conversa muito interessante, pois exercemos praticamente as mesmas atividades, ambos somos Palestrantes, Professores, Sênior Coachs e Filósofos, além de colunistas na Revista Coach Me e, como não poderia deixar de acontecer, o assunto foi Coaching e Filosofia.

Iússef falou-me sobre seus estudos em Coaching Filosófico e muito disfarçadamente me desafiou a também pesquisar sobre o assunto. Aceitei o desafio e confesso que, por se tratar de uma abordagem instigante e que exige muitas leituras (muitas mesmo), fiquei entusiasmado com esta metodologia. Realmente é gratificante e já estou colocando gradualmente em prática, com excelentes resultados.

O Coaching Filosófico ajuda o Coachee a esclarecer, articular e compreender aspectos filosóficos de seus sistemas de crenças ou visões de mundo, além de auxiliar na exploração de problemas filosóficos relacionados a assertividade, emoções, significado da vida e moralidade.

Em linhas gerais os procedimentos iniciais são semelhantes ao do coaching que já conhecemos – deve-se identificar o que é desejado do processo e os objetivos gerais, mas utilizando na condução a maiêutica, a retórica, o debate, discussão e argumentação. Quando em grupo, em uma empresa por exemplo, não importa o que os participantes realmente pensam ou acreditam, geralmente uma pessoa ou grupo tenta defender o ponto de vista convencional, enquanto seus oponentes tentam convencê-los de uma opinião radicalmente oposta e controversa. Da discussão, fundamentando em conceitos filosóficos, tiramos os pontos para reflexão.

O Coaching Filosófico, Aconselhamento Filosófico e a Filosofia Prática, têm diferenças sutis, mas em linhas gerais podem ser definidos como o estudo das bases da filosofia, para o “pensamento prático”, com ênfase em valores, atitudes em relação à vida e normas de comportamento. A teoria do valor e a análise das posições que as norteiam constituem o núcleo do trabalho. Os domínios do “pensamento prático” particularmente estudados são a moral, o direito, a política, a racionalidade prática (teoria da decisão), a religião e a arte.

O Coaching baseado em Filosofia, apesar de ser bastante difundido nos EUA e na Europa, tem poucos profissionais que o utilizam no Brasil, porém já é significativo o número de psicólogos que utilizam as bases da Filosofia em suas atividades.

Busquei informações sobre grupos ou associações nacionais, sem sucesso. Cheguei a conclusão que o autodesenvolvimento seja o melhor caminho.

Gostaria de conhecer mais sobre o assunto? Vamos ser autodidatas….

Se tiver interesse em formar um grupo de leitura e estudo, fique a vontade em se manifestar aqui no final, nos comentários.

Eu estou estudando, praticando e gostando.
Aceita o meu convite?

One thought on “Coaching Filosófico – Vamos trocar informações?

  1. TATIAN Reply

    ME INTERESSO BASTANTE PELA ÁREA E ESTOU SEMPRE EM BUSCA DE CONHECIMENTO , GOSTARIA DE CONHECER MAIS SOBRE O ASSUNTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *