Você já avaliou suas soft skills?

Antes de abordarmos o assunto soft skills seria interessante perceber que as relações entre a empresa e o colaborador são bem diferentes das que encontrávamos há pouco mais de uma década. Hoje o profissional já não deve se sentir refém de seu empregador, pois se este não atender as suas expectativas e tendo a excelência em suas atividades, poderá buscar horizontes mais agradáveis. É importante também observar que esta realidade tem mão dupla, pois a tendência é que os melhores empregadores contratem os melhores profissionais.

O mercado busca profissionais atualizados e que estejam alinhados com as necessidades organizacionais, que saibam encarar a pressão do dia a dia sem grandes dificuldades e, principalmente, que tenham atenção e foco em suas atividades. Este conjunto de características podemos colocar sob a chancela das soft skills.

Atuando como Coach há muitos anos percebo que a maioria dos profissionais não leva em conta que eles próprios são produtos a venda e que, como tal, devem se lançar no mercado de trabalho. Da embalagem ao conteúdo, de forma semelhante a qualquer produto de supermercado, o profissional é observado e avaliado. Sinto também que esta é uma afirmação que não gostam muito de ouvir.

As universidades disponibilizam ao mercado um número muito grande de alunos anualmente, que se analisados tecnicamente por área de atuação, estão dentro de uma pequena faixa de variação no quesito conhecimento, pois todos têm nível técnico muito similares. O que os difere e os que terão pleno sucesso profissional, são aqueles que possuem suas soft skills, bastante aprimoradas, portanto se quiser ter um diferencial competitivo no mercado de trabalho, elabore um plano consistente para desenvolvimento de suas soft skills.

Em última análise, o que diferencia os excelentes profissionais dos demais é o aspecto comportamental. São as atitudes e comportamentos, que tornam os profissionais cada vez mais completos, com habilidades para comunicação, negociação e desenvoltura no ambiente organizacional.

As Soft Skills dos colaboradores, se desenvolvidas, são fundamentais para tornar as empresas mais competitivas e para torná-las os melhores lugares para trabalhar.

Uma boa notícia: As Soft Skills podem ser desenvolvidas em qualquer idade, portanto faça um projeto, hoje mesmo, para aprimora-las. Este projeto é simples, fácil de ser elaborado, porém requer bastante dedicação e comprometimento daqueles que querem construir uma carreira profissional sempre ascendente.

Este projeto nada mais é que um plano de aprimoramento das soft skills que é precedido por um exercício de autoconhecimento e percepção de seus pontos fortes e pontos fracos na área comportamental.

Caso você consiga elevar estas características a patamares altos, certamente o sucesso profissional virá como consequência, acompanhado de uma forte característica de Liderança e poder de influência que encurta a distância para as  suas metas e objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *